TUDO TEM SABOR DE INDÚSTRIA! – Gambá Prophano

TUDO TEM SABOR DE INDÚSTRIA!

Tudo repetitivo, ser humano obsoleto
Virtualizando a realidade
Num espetáculo de imagens
Ególatras que compensam suas frustrações
Sobrevivendo da carência de atenção
Na simbiose da auto repressão
Escravizado, lambendo as feridas de suas ilusões,
Condicionamento operante e espontâneo
Perfis psicológicos pré fabricados e limitados
Incentivado por tudo que seja supérfulo, vazio e inútil,
Vivendo alimentando um Tamagoshi
Como projeções de suas infames futilidades
Perversidade também fundida com bits e likes,
Cada dia mais perto
E sempre mais longe de si mesmo
Ver ovelhas mansas
Com suas máquinas de contato imediatistas
Que, diminuindo a distância e o tempo
Cada palmo mais perto do que se procura…
Ao relento e esquecido a 7 palmos na sepultura.

– Poesia de Gambá Prophano.
– Imagens encontradas na internet.

Deixe uma resposta